quarta-feira, 15 de junho de 2011

Monique van der Vorst na rampa do congresso

No alto da rampa do congresso! Eu, montada em meu cavalo cíclico, armada de coragem e fé, incorporada pela holandesa medalhista em corridas de cadeira de rodas e o handcycle!!! Lanço-me então a toda velocidade naquele tobogã, palco de momentos históricos que mudaram nossa nação para... a mesma coisa que ainda é...desço a todo vapor e com emoção para me esborrachar lá embaixo! Uuuuuuurrrrrrrrruuuuuuuu! Transtttiiiiibrummmmmmn!!!! Fiquei imaginando dali de baixo essa cena ridícula enquanto esperava o táxi...Não...não se trata de um espírito destrutivo...digamos que é apenas um delírio, espécie de “forçação de barra” do acaso... no dia seguinte, as manchetes dos jornais estampariam a chamada “Cadeirante tenta suicídio na rampa do congresso e sai curada”. Solução inspirada e adaptada da história da Vorst... não contei essa, não é? Segura aí: ela ficou paraplégica aos 13 anos por causa de uma cirurgia simples de tornozelo mal sucedida. Depois do período de depressão, encontrou no esporte seu talento desenvolvendo habilidades e porteriormente tornando-se campeã paraolímpica. Depois de mais de 10 anos, durante uns treinamentos corriqueiros na “parapista”, foi atropelada por uma bicicleta, passou 9 meses fazendo fisioterapia e voltou a andar! Preciso urgentemente do celular desse ciclista...

7 comentários:

  1. É... o encanto existe no nosso planeta mas precisa abrir o olho que esta no coraçao pra percebê-lo !!,... o que parece facil mas nao é, ...principalmente quando précisamos !

    Afinal, se o pior existir - e sabemos que existe, porquê que o contrario nao poderia ser ?... ja que nosso mundo é feito de pares complementares,... até a propria matéria tem o seu e nao é o nada !

    Força sereia... força ! ...bisous

    ResponderExcluir
  2. Venho acompanhando sua epopéia quase desde o início, por indicação lá do Facebook... e me encanto a cada texto, a cada pensamento. Este foi uma grata surpresa, vejo (e espero ter interpretado corretamente) uma pitada de humor solta em algum canto dele... quase como uma pequena fagulha que se solta de uma fogueira.

    Suas palavras fortalecem, moça. Obrigada! E continue, continue sempre. Suas palavras são poderosas.

    ResponderExcluir
  3. melhor pegar o celular da fisioterapeuta...GH
    PS: sempre boto anonimo pq é um saco escolher um desses "comentar como"....rs

    ResponderExcluir
  4. Oww Lia...que bom que vc está por perto. Tem sim um humor "cítrico" querendo rir da vida quando ela ri de mim. Uma forma de dar cores ao incolor. Beijo

    ResponderExcluir
  5. Quer arrumar alguém pra te atropelar... é "facinho facinho", minha amiga. É só procurar pelos alunos que foram reprovados em suas disciplinas. rs.
    No dia que você decidir descer essa rampa fala-me o favor de pedir para alguém filmas e leve uma câmera em seu capacete. E é claro que depois tem que postar aqui. rs.

    ResponderExcluir
  6. David: bem pensado...você como sempre atento!
    Laercio Jr: exato. Fragmento fracionado!
    GH: oww...yes!
    Hugo: rs...verdade! Postarei!

    ResponderExcluir